Conhece o Clube de Oficiais da Marinha Mercante?

Jenny SilvestreSe quiser conhecer a instituição e muitos dos seus membros, tem uma enorme oportunidade já este domingo, dia 3 de Novembro, às 18h30. Não precisa ser Oficial da Marinha Mercante. Nem sequer Marítimo. Nesta data, a entrada estará acessível a todos os interessados.

Embora o Clube dos Oficiais da Marinha Mercante não seja aberto ao público, realiza-se neste dia um evento lúdico, que conta com a participação da cravista Jenny Silvestre, apresentando o concerto “Bach e a Partícula de Deus”. No final, pode contar com um beberete, onde poderá confraternizar com os presentes e, porque não, trocar contactos profissionais úteis.

Marque na sua agenda:
Domingo, 3 de Novembro – 18h30
Clube dos Oficiais da Marinha Mercante Travessa de S. João da Praça, n.º 21, Lisboa Tel: 218880781  E-mail: comm@sapo.pt
www.comm-pt.org

A entrada tem o custo de 10 Euros por pessoa.

Sobre Jenny Silvestre
Jenny Silvestre é licenciada em Cravo (Escola Superior de Música de Lisboa) e em Direito (Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa). É doutorada em Ciências Musicais Históricas (Universidade Nova de Lisboa) e conta ainda no seu currículo com uma pós graduação em Cravo (Escola Superior de Música da Catalunha, Espanha) e uma pós graduação em Gestão Empresarial, vertente de Estratégia de Investimentos e Internacionalização (Instituto Superior de Gestão de Lisboa).
É presidente da Academia Portuguesa de Artes Musicais.
No âmbito do seu ainda breve percurso musicológico, participou em vários Congressos em Madrid, Almeria (Espanha), Nápoles (Itália) e Lisboa. Assume as funções de Diretora Artística dos Congressos Internacionais de Musicologia Histórica organizados pela Academia Portuguesa de Artes Musicais.
Participou na estreia mundial das obras “Magnificat em Talha Dourada” e “Horto Sereníssimo”, do compositor Eurico Carrapatoso, bem como no conto infantil “O que aconteceu no Museu da Música…”, do compositor Sérgio Azevedo.
Estreou ainda a “Inventio 2”, de Bruno Gabirro, a versão para cravo da peça “O Natal da Nônô”, de Eurico Carrapatoso e a peça “Prelúdio e Festa”, de Sérgio Azevedo, especialmente escrita para ela.
Em 2009, foi Assessora Musical do filme do realizador chileno Raúl Ruiz, “Mistérios de Lisboa”.
Em 2011 foi a cravista convidada para o II Concurso Internacional de Composição Fernando Lopes Graça, dedicado ao cravo. Conta com uma já longa carreira como solista e diversos discos gravados com diferentes ensembles.

Sobre o Clube de Oficiais da Marinha Mercante Este clube tem como objectivo a união e confraternização dos seus sócios, realizando não só eventos lúdicos como também seminários técnicos. Dentro dos eventos lúdicos realizados pelo Clube de Oficiais da Marinha Mercante, salienta-se os “Sons na Tarde”, uma tarde de música no primeiro Domingo de cada mês.