Poupança por implementação de eco-tecnologias em navios

CalculadoraOs preços dos combustíveis continuam a sua ascensão inexorável e a nova legislação ambiental aumenta exigências progressivamente, conduzindo ao aumento da procura por tecnologias, que permitam economia de custos e conformidade regulamentar em termos de emissões totais.
Os incentivos para a mudança, apontam para o aumento da eficiência e desempenho da frota de transporte marítimo e a diminuição do consumo de combustível, reduzindo custos e ao mesmo tempo poluição e riscos.

Segundo a plataforma shippingefficiency.org, o cenário que apresenta maiores vantagens, na relação custo benefício para aumentar a eficiência dos navios, não está nas novas construções, mas sim na remodelação e modernização de equipamento de navios existentes, com uma variedade de tecnologias diferentes, muitas das quais tem um período de retorno de menos de três anos. Há mais de 60 tecnologias e mais de 130 fornecedores de tecnologia. Empresas fornecedoras de tecnologia, incluindo a Wartsila, Mitsubishi e Caterpillar, oferecem cada vez mais produtos de eco-eficiência. Surgiram também várias empresas novas fundadas nos últimos cinco anos. As categorias de tecnologia de eficiência relevantes para os navios existentes incluem os seguintes vectores de acção:
• Casco dos Navios – Revestimentos, optimização e manutenção;
• Propulsão – Sistemas de propulsão alternativos;
• Hélices – Novas hélices, manutenção e optimização;
• Motor – Sistema de recuperação, motores a gás e actualizações de motor;
• Software – Rotas considerando condições meteorológicas.

Para apoiar a análise de investimento em novas tecnologias, esta plataforma disponibiliza uma calculadora que, em função das características dos navios, da sua exploração e do nível de redução de consumo de combustível implementado, apresenta os resultados de poupança que podem ser alcançados: http://shippingefficiency.org/savings-calculator

Adicionalmente, disponibiliza informação sobre tecnologias limpas e respectivo impacto na redução no consumo de combustível: http://shippingefficiency.org/userfiles/files/Clean-Tech.pdf