INOVSEA realiza jornada de inovação na economia do mar

Reserve a data – 9 de outubro – o projeto INOVSEA irá realizar uma jornada dedicada às redes de inovação na economia do mar. O evento inclui ações de networking e conta com um painel de oradores notável. A sessão de encerramento será conduzida pelo Ministro do Mar.

Continuar a ler

Formação Trabalhar num Navio | 30 setembro

A melhor formação, preparada e apresentada por quem sabe e conhece o mundo dos navios por dentro.


A Formação Trabalhar num Navio oferece:

☑️ Certificado inglês/português
☑️ Orientação em candidaturas
☑️ Apoio pré e pós embarque

A Formação Trabalhar num Navio transmite o conhecimento essencial sobre a indústria do transporte marítimo, incluindo certificação, qualificações, carreiras profissionais, condições de vida e de trabalho, remunerações e impostos, segurança social, plano de ação e candidatura de sucesso, entre outros temas. Este é o conhecimento fundamental para alcançar um contrato de trabalho a bordo de um navio.

A Formação Trabalhar num Navio destina-se a TODAS as pessoas, independentemente da sua área de estudo, profissão ou idade.

Plano de ação ENM 2030 identifica fragilidades e apoia marítimos

Sabemos que Portugal não tem sido um bom país para os marítimos. As razões são múltiplas e (re)conhecidas. Mas esta situação poderá mudar em breve.


O plano de ação da Estratégia Nacional para o Mar 2021-2030, publicado em 1 de setembro, reconhece as enormes fragilidades do ensino e formação marítima nacional e propõe várias medidas, apoiando os marítimos.

Também a carreira profissional dos marítimos mereceu atenção, sendo apresentadas medidas para:

  • Melhorar os serviços prestados pela governação com a tutela desta área, acelerando a implementação da legislação em vigor (que continua a aguardar portarias quase dois anos após publicação);
  • Reduzir barreiras administrativas;
  • Eliminar a discriminação entre marítimos através da harmonização fiscal;
  • Desenvolver um estudo de benchmarking para identificar as melhores práticas no âmbito da carreira marítima, focado na organização, tipologia, progressão, formação e papel das entidades públicas e privadas.

INOVSEA antecipa futuro vibrante para portos e navios

Os portos e o transporte marítimo constituem atividades tradicionais da economia do mar. Porém, têm potencial para se tornarem setores agregadores de atividades económicas emergentes, assumindo um papel principal na economia do mar sustentável – a ambicionada economia azul.

Imagem: Porto da Figueira da Foz

Os portos e o transporte marítimo constituem um pilar do desenvolvimento da sociedade, das economias e da globalização. É conhecida a afirmação de que “sem os portos e os navios, metade do mundo passava fome e a outra metade passava frio”.

O futuro, porém, irá revelar novos caminhos, responsabilidades e oportunidades para o setor dos portos e do transporte marítimo, ligadas não só à logística de mercadorias, mas também no domínio da produção, armazenamento e transporte de energia.

Os portos assumem também enorme potencial como centros incubadores de inovação, abrindo portas às cidades e aos empreendedores, concentrando novos serviços e uma comunidade de gente com ideias novas, capazes de resolver “velhos” problemas e imaginar novos mundos, com os olhos postos no oceano.

Evitar a escassez de tripulantes em navios

É fundamental evitar a escassez de tripulantes. As pessoas que trabalham a bordo de navios não são hoje reconhecidas ou valorizadas, apesar da importância do trabalho que desenvolvem. Sem inspiração e sem liderança virá a escassez.


Como bem afirma o comandante Charis, “Construir e desenvolver marítimos capazes e comprometidos requer uma abordagem sistemática, procedimentos robustos, esforço, vínculo, coaching, investimento em recursos, financiamento considerável e, o mais importante, líderes ou melhor, mentores.”

Acrescenta ainda que “Para recuperar o défice atual de marítimos, as carreiras marítimas devem ser promovidas junto dos jovens, destacando os seus benefícios, o que envolve, obviamente, respeito e reconhecimento por parte de toda a sociedade. Promover a condição de marítimo e investir nas pessoas, é sem dúvida o ponto focal onde tudo começa.”

Mas não nos iludamos, não se trata de uma questão de marketing. As pessoas não são números e apenas irão aderir a propostas honestas, sérias e consistentes, que realmente lhes ofereçam:

  • Ensino e formação de excelência, com qualificação atualizada de acordo com as necessidades atuais e futuras do mercado de trabalho;
  • Oportunidades de carreira bem remuneradas e gratificantes, com aprendizagem e evolução permanente;
  • Regime fiscal especial, realmente vantajoso, para todos os marítimos sem discriminação;
  • Proteção, assistência e respeito em situações adversas (por exemplo pandemias ou conflitos internacionais);
  • Melhor legislação, menos burocracia e preços honestos na emissão de certificação;
  • Boas condições de trabalho (alimentação, conforto no alojamento, horário, respeito, boa liderança), mesmo quando ninguém está a ver.

INOVSEA revela potencial da construção, manutenção, conversão e reparação naval

O setor da construção, manutenção, conversão e reparação naval, tem potencial para assumir um importante papel no âmbito da economia do mar nacional.


As oportunidades surgem em vários segmentos de mercado em expansão global, nomeadamente a construção e a conversão de navios de passageiros e embarcações de recreio, e a construção e reparação de estruturas offshore. As oportunidades são ainda reforçadas em vários domínios, por força da regulamentação imposta no âmbito de questões ambientais e sociais, nomeadamente a poluição gerada por navios e o seu impacto nas alterações climáticas.

Como desafios ao desenvolvimento deste setor, destacam-se a escassez de profissionais especializados e as sérias limitações no ensino, formação e qualificação de recursos humanos em Portugal, comprometendo o desenvolvimento e presença das empresas nacionais na cadeia de valor global da indústria marítima.

Crescimento exponencial nos cruzeiros

São já 190 os navios de cruzeiros em atividade. A retoma tem sido exponencial e a adesão de passageiros interessados em viajar tem sido surpreendente.


São já 190 os navios de cruzeiros em atividade. A retoma tem sido exponencial e a adesão de passageiros interessados em viajar tem sido surpreendente.

As companhias mostram também algumas dificuldades em encontrar pessoas para trabalhar a bordo, dada a rapidez do crescimento e as limitações impostas a viagens de tripulantes de certos países.

Os anúncios de recrutamento sucedem-se e esperam candidaturas. Não faltam oportunidades.

Outros temas desenvolvidos nas Notícias Apormar de 9 de agosto:

  • Relatório Cruise Ships in Service
  • Navio autónomo em 2021
  • Hapag seleciona 77 praticantes
  • STCW e licenciaturas em Gibraltar
  • Propulsão de navios – passado e futuro
  • [vídeo] Super Explorer Yacht Solaris
  • Embarcação com tecnologia espacial
  • Navio de cruzeiros de exploração híbrido
  • 88 companhias de recrutamento
  • Formação gratuita na EPHTL
  • Abastecimento de hidrogénio a navios
  • Desconto de 50% para o sucesso
  • Polegares

INOVSEA promove turismo azul sustentável

Que desafios enfrenta o turismo em Portugal? E o turismo azul? Por que é fundamental assegurar a sua sustentabilidade?

Muito se fala de sustentabilidade no turismo e a preocupação é legítima. O turismo assume em Portugal uma importância estratégica na geração de valor, pelo que importa estar muito atento aos seus impactos. Importa garantir a sustentabilidade e acautelar o futuro que estamos a preparar, para nós e para os filhos dos nossos netos.

Adicionalmente, apesar da riqueza gerada pelo turismo beneficiar o país e assim interessar a todos, a distribuição desta riqueza não é equitativa. O turismo é para alguns uma bênção; porém, para muitos é também um “inferno”. A sustentabilidade é imperativa e não bastam as palavras – importam a consciência e as ações – agora.

O projeto INOVSEA – Inovação e competitividade na economia do mar, apresenta soluções para um turismo azul sustentável no respetivo plano de ação. Conheça-as seguindo a ligação abaixo.

Tempo ainda para relembrar que a estratégia INOVSEA se encontra em consulta pública até dia 31 de julho. Inclui vários agrupamentos de atividades da economia do mar – um deles tem a ver consigo – participe com a sua opinião.

INOVSEA – TURISMO AZUL

Mais trabalho a bordo de navios

Apesar da situação de pandemia, a indústria de cruzeiros global está a retomar atividade a passos largos. A contratação de novos tripulantes está a acelerar e vários alunos da Formação Trabalhar num Navio estão já a embarcar em cruzeiros.

Em 1 de julho estavam já em atividade 141 navios. Até final do ano é esperada a retoma acelerada da atividade de cruzeiros, dado o enorme apetite dos passageiros em voltar a viajar. O recrutamento já começou!

Conheça estes e outros temas desenvolvidos nas Notícias Apormar de 25 de julho:

  • Cruzeiros retomam atividade;
  • Mais um contrato a bordo de navios;
  • Num cruzeiro em águas dos EUA;
  • Carnival acelera retoma de atividade;
  • Recrutamento para super iates;
  • Recrutamento para cruzeiros;
  • Sucesso na segunda entrevista;
  • AIDA Cruises quer contratar 5 000;
  • Construa um CV vencedor;
  • Formação cresce na nuvem;
  • Regras para utilizar telemóveis a bordo;
  • Shell aposta em 3D Print para offshore;
  • Poupar combustível nos navios;
  • As cidades mais poluentes;
  • Polegares.

SAIBA MAIS

Cursos STCW certificados na EscolaPort

O recrutamento para navios está a acontecer e as oportunidades crescem. Sucedem-se os contratos e a necessidade de preparar documentação específica e, em alguns casos, obter certificação STCW.

Não existem muitas oportunidades de frequentar formação STCW em Portugal, o que compromete a celebração de contratos e o embarque a curto prazo.

Neste caso a solução é procurar formação e certificação fora do país, obtendo o certificado internacional válido para trabalhar em qualquer navio.

Outros temas desenvolvidos nas Notícias Apormar de 19 de julho:

  • Cursos STCW;
  • Formação e workshops no CFPSA;
  • Plano de ação INOVSEA;
  • Ninguém precisa dum CV com 5 páginas;
  • Viking Crew recruta para navios;
  • Iniciar uma carreira marítima;
  • Gancho de guindaste por 3D Print;
  • Amoníaco no transporte marítimo;
  • Motores a hidrogénio em testes;
  • Cruzeiro esgota vendas em 3 horas;
  • Yachts for Science apoia cientistas;
  • Feira da indústria de cruzeiros;
  • Oportunidades para trabalhar em iates;
  • Polegares.

SABER MAIS